Amor por Brasília em detalhes

Brasília

Foto: Joana França

Quando temos a sorte de viver bastante tempo com uma pessoa que amamos, passamos por uma curiosa experiência: os detalhes chamam cada vez mais a atenção dos sentidos. A partir desse ponto, o companheiro não é mais uma figura inteira a ser desvendada, como quando nos apaixonamos. Ele se torna uma coleção de retalhos emocionais que o faz único. O jeito de sorrir, a cara de criança que ele ganha quando olha para baixo, o formato da orelha, o espirro desajeitado, o cheiro, o tom da voz… Se pensarmos bem, essas coisas não poderiam faltar nos álbuns de recordação das relações amorosas.

Joana_Franca_600

Foto: Joana França

Para nossos maridos e mulheres, namorados e namoradas e demais tipos de seres especiais, um álbum desse tipo cabe a nós fazermos. Já para Brasília — essa cidade que amamos e temos a sorte de com ela/nela conviver —, Joana França tem nos ajudado. Não sabe de quem estou falando? Recomendo digitar os termos “Joana”, “França” e “Brasília” no Google e, depois, escolher a opção “imagens”. Ou vá a um dos sites dela: facebook.com/joanafrancafotografia e joanafranca.com. Qualquer um desses caminhos farão saltar aos seus olhos detalhes da capital que logo acenderão afetos em você.

Quem conhece o trabalho da fotógrafa e arquiteta deve concordar comigo que, ao voltar suas lentes para a cidade onde nasceu, Joana conseguiu justamente captar pequenos detalhes que são a cara de Brasília. E ela faz isso com um olhar que só dispensamos aos amados.

Muitas vezes, suas fotos registram apenas o padrão repetitivo e simétrico da fachada de ministérios ou de blocos de superquadra, uma sequência de pilotis ou um cantinho arredondado de um palácio de Niemeyer. Recortes que parecem mostrar pouco a princípio, mas, quando nos damos conta, vemos revelada à nossa frente a alma brasiliense.

Foto: Joana França

Foto: Joana França.

Em outros momentos, Joana amplia o enquadramento, mas só para nos lembrar que, por mais grandiosa que seja esta cidade, ela fica diminuta sob o gigantesco céu que a protege, na verdade, um imenso detalhe que a integra. E monumentos viram enfeites graciosos construídos pelo homem num canto minúsculo do Universo. Nossa casinha em nossa casa maior.

O olhar atento e terno de Joana para edificações e cidades é cada vez mais reconhecido. Suas fotos já são comuns em exposições e publicações especializadas em arquitetura e urbanismo, e não retratam mais apenas a capital federal. Interiores, casas, edifícios e outras cidades têm merecido sua atenção. Mas, para mim, Joana França sempre será a pessoa que construiu o álbum de recordações perfeito da minha história de amor com Brasília.

Crônica que publiquei ontem no Correio Braziliense.

 

Foto: Joana França

Foto: Joana França

Anúncios

0 Responses to “Amor por Brasília em detalhes”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Contato

humberto.rezende@gmail.com

Comprar CDs

Clique para baixar o CD (.zip)

Twitter

Instagram

Papai. Faria 83 anos hoje. Saudades. 1996. Casa. #architecture

Arquivo


%d blogueiros gostam disto: