Preconceito 2

E por falar em preconceito, parte do tema do post anterior, hoje li uma notícia de entortar a cabeça, na Folha Online: pesquisa da USP diz que 97% dos brasileiros não se consideram racistas, mas 98% conhecem alguém que é.

O que me faz questionar: os 3% que disseram ser racistas são pessoas que até merecem nossa admiração por reconhecerem que têm preconceito ou são só bossais que não estão nem aí? De que forma eu responderia a pesquisa se fosse entrevistado? Admitiria o preconceito aprendido durante anos e contra o qual luto ou me encaixaria nos 97%?
Isso me lembrou da época em que fui para a África do Sul, em 1994. Já contei aqui mesmo a aventura com o elefante num safári. Eu estava com antenas ligadas para manifestações racistas, guardando na memória conversas preconceituosas, quando participei da seguinte conversa, com uma estudante de 17 anos:
_ Eu vou viajar para a praia, eu disse.
_ Para qual?
_ Durban, respondi.
_ Ah, Durban é muito bonita. O único problema é que tem muitos pretos.
Chocados? Preparem-se para o detalhe: a estudante era brasileira, e também estava fazendo intercâmbio na África do Sul. O comentário mais racista que ouvi no país que instituiu o apartheid foi dito por uma brasileira. Pois é.
Anúncios

0 Responses to “Preconceito 2”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Contato

humberto.rezende@gmail.com

Comprar CDs

Clique para baixar o CD (.zip)

Twitter

Instagram

Meu carrinho de autorama. #AyrtonSenna #toleman Tempo.

Arquivo


%d blogueiros gostam disto: