O vencedor (2)

E parece que o Lobão virou WASP de vez. Ele já disse que não conseguiu fazer direito a união do rock com o samba porque era branco. Agora, assumiu o discurso de que o que importa é ser winner mesmo e que quem discorda dele só pode ser católico culpado. Só pra criticar os artistas independentes (leia aqui o que ele disse em um evento literário em Ouro Preto).

Lobão quase acertou quando comparou artistas como ele aos times da primeira divisão e os independentes aos da segundona. A coisa tem suas semelhanças mesmo. Os independentes ganham bem menos dinheiro que os “artistas série A”, que, por sua vez, trabalham para cartolas que adoram um tapetão jabazento para organizar a tabela das FMs.

A única coisa que o Lobobo esqueceu é que a coisa não é bem assim série A – série B. Tá mais pra Copa do Brasil, na verdade. Aquele campeonato que na hora em que os times grandes precisam entrar em campo e mostrar o que sabem fazer contra os da segundona acabam passando vexame. E dá-lhe Santo André ganhando do Flamengo no Maracanã.

2 comentários em “O vencedor (2)

  1. >Olha, nem acompanho as polêmicas e a música do Lobão, mas ou ele está contrariando tudo o que disse através dos anos 80/90 ou eu não sei de mais nada mesmo.Pirou de vez!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s